JEITO INOVADOR DE ABRIR A PISTA DE DANÇA DO CASAMENTO

25e6665156bcdb8b49b3870ade862637Como abrir a pista de dança nas festas de casamento costuma ser uma dúvida muito frequente entre os noivos. Alguns contratam animadores de festas que convocam os convidados para dançar no meio do salão e ainda por cima ensinam coreografias inusitadas, outros noivos preferem iniciar a festa ao som de uma banda que vai variando o repertório para agradar a todos os públicos. E  existe também a forma mais clássica de todas que é  a valsa dos noivos embalada por outros ritmos e que aos poucos vai levando todos os convidados para “arrastarem o pé no salão”.  Pois bem, a minha sugestão hoje é um pouco diferente do convencional que falei até agora, ela vai exigir um pouco de dedicação e principalmente descontração entre os noivos, padrinhos e madrinhas. A dica é inaugurar a pista de dança da festa de casamento com uma  a dança coreografada que integre ainda mais os noivos e seus escolhidos como padrinhos e madrinhas.

Para quem não conseguiu visualizar a ideia, eu deixo a minha proposta mais detalhada nos vídeos que separei abaixo. Alguns apresentam  os padrinhos dançando para a noiva, em outros a noiva e madrinhas que dançam para o noivo e finalmente a ideia que eu mais gostei que foi a de todos dançarem juntos. É uma forma bastante divertida e inusitada de começar a festa de casamento, não acham?

2 thoughts on “JEITO INOVADOR DE ABRIR A PISTA DE DANÇA DO CASAMENTO

  1. Natália diz:

    O casal e os padrinhos dançando todos juntos é bem bacana. Agora noiva ou o noivo dançando com o seu parceiro sentado olhando pode estar na moda, mas entendo ser de um mal gosto incrível e machista como boa parte de detalhes que ocorre no casamento. Exibicionismo em alguns caso chega a ser vulgar e com músicas com letras que só por Deus esquecem que a festa é de casamento, união de duas pessoas.

    • Elismara diz:

      Isso mesmo, ultimamente estão fazendo uma apresentações super exibicionistas, chega a constranger os convidados por demais, principalmente os mais idosos e conservadores sem contar com o mal exemplo as crianças

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *